Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Ago
28
Qua
Santo Agostinho: Celebração do padroeiro principal da Diocese de Coimbra
Ago 28 todo o dia

Coimbra, 18 jul 2019 (Ecclesia) – O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, vai celebrar, dia 28 de agosto, 18h30, na Igreja de Santa Cruz, a festa do padroeiro principal da diocese: Santo Agostinho.

As comemorações incluem também o concerto «Cantata de Santo Agostinho», às 21h30 na mesma igreja daquela cidade.

LFS

Out
26
Sáb
Madeira: Diocese do Funchal organiza jornada da juventude
Out 26@17:00_Out 27@17:00

Funchal, Madeira, 05 ago 2019 (Ecclesia) – O Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude do Funchal está a organizar a primeira jornada dedica aos jovens da diocese, com o tema ‘Cristo Vive e quer-te vivo’, nos dias 26 e 27 de outubro.

A Diocese do Funchal informa que a “primeira Jornada Diocesana da Juventude” tem um programa com “fé, animação, música, diversos workshops e muito mais”, no Colégio de Santa Teresinha.

O encontro ‘Cristo Vive e quer-te vivo’ que está a ser organizado pelo Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude tem a duração de 24 horas, vai começar às 17h00 do dia 26 de outubro, e termina à mesma hora no dia seguinte.

‘Cristo Vive’ é o nome da exortação apostólica do Papa Francisco dedicada aos jovens, que foi publicada a 2 de abril, e dá sequência à assembleia do Sínodo dos Bispos que decorreu em outubro de 2018, sobre a relação entre os jovens e a Igreja Católica; O documento, com nove capítulos e 299 pontos, foi assinado a 25 de março, no santuário mariano do Loreto (Itália).

CB

Out
31
Qui
Coimbra: Exposição «Regressar às origens pela xilogravura de Nunes Pereira»
Out 31 todo o dia

Coimbra, 14 fev 2019 (Ecclesia) – O Seminário Maior de Coimbra vai ter patente, de 20 deste mês a 31 de outubro, a exposição temporária «Regressar às origens pela xilogravura de Nunes Pereira».

Neste regresso tem destaque a sua obra «Os Contos de Fajão» (xilogravuras e texto),  um trabalho que tem hoje “um profundo significado cultural e antropológico, social e artístico”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Naquela obra descreve um «Portugal», uma sociedade, um tempo, um modo de ser pessoa e, ao mesmo tempo que faz rir, faz pensar e questiona sobre o modo como se vive hoje, acrescenta o comunicado.

Nestes contos entram figuras como o Senhor Doutor Juiz de Fajão, o Juiz da Relação do Porto, o almocreve, o Pascoal, o Senhor Bispo, o Senhor Prior, o sacristão, o oficial de diligências, o Escrivão e os estudantes da Universidade de Coimbra.

A inauguração vai ser às 18h30 da próxima quarta-feira, dia 20 de fevereiro.

LFS