Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Set
28
Sáb
Coimbra: Jornadas de pastoral sobre «Comunicar a fé na era digital»
Set 28 todo o dia

Coimbra, 09 set 2019 (Ecclesia) – As jornadas de pastoral da Diocese de Coimbra realizam-se a 28 deste mês, no seminário daquela cidade, e têm como tema «Comunicar a fé na era digital».

Na manhã desse dia, Pedro Gil falará sobre «A Comunicação da fé» e de seguida os participantes podem dialogar com o orador, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«A Comunicação da fé em diferentes contextos» é o tema do painel que começa às 14h30 e vai abordar «Paróquia e liturgia» (padre Hermenegildo Faria); «Catequese e família» (Cristina Sá Carvalho) e «Media e redes sociais» (padre António Valério).

LFS

Out
1
Ter
Coimbra: Cáritas presente no colóquio sobre envelhecimento e mobilidade quotidiana
Out 1@15:00

Coimbra, 20 set 2019 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra vai participar na mesa redonda com o tema «Envelhecimento e Mobilidade Quotidiana», dia 1 de outubro, às 15h00, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC).

A iniciativa – promovida pela FLUC no âmbito do projeto Grampcity e do Dia Internacional do Idoso – conta com a presença de Carina Dantas, diretora do Departamento de Inovação da Cáritas de Coimbra, que pretende responder às questões sobre “O que muda na mobilidade com a idade?”; “Quais as expectativas, aspirações e experiências das pessoas idosas?”; “Que condições oferecem – ou impõem – os nossos territórios à mobilidade dos idosos?” e “Que políticas e que serviços para uma mobilidade mais inclusiva?”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Numa altura em que se discutem os desafios do envelhecimento demográfico, “o papel da mobilidade quotidiana não tem tido a atenção que mereceria”, lê-se.

Assim, a relevância da mobilidade na qualidade de vida das pessoas mais velhas e no envelhecimento bem-sucedido será o centro das atenções neste dia.

LFS

Out
31
Qui
Coimbra: Exposição «Regressar às origens pela xilogravura de Nunes Pereira»
Out 31 todo o dia

Coimbra, 14 fev 2019 (Ecclesia) – O Seminário Maior de Coimbra vai ter patente, de 20 deste mês a 31 de outubro, a exposição temporária «Regressar às origens pela xilogravura de Nunes Pereira».

Neste regresso tem destaque a sua obra «Os Contos de Fajão» (xilogravuras e texto),  um trabalho que tem hoje “um profundo significado cultural e antropológico, social e artístico”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Naquela obra descreve um «Portugal», uma sociedade, um tempo, um modo de ser pessoa e, ao mesmo tempo que faz rir, faz pensar e questiona sobre o modo como se vive hoje, acrescenta o comunicado.

Nestes contos entram figuras como o Senhor Doutor Juiz de Fajão, o Juiz da Relação do Porto, o almocreve, o Pascoal, o Senhor Bispo, o Senhor Prior, o sacristão, o oficial de diligências, o Escrivão e os estudantes da Universidade de Coimbra.

A inauguração vai ser às 18h30 da próxima quarta-feira, dia 20 de fevereiro.

LFS