Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Jul
20
Sáb
Fátima: Santuário oferece férias para pais de pessoas com deficiência
Jul 20_Ago 30 todo o dia

Iniciativa decorre em vários turnos, de 20 de julho a 30 de agosto

Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 21 jun 2019 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima vai acolher de 20 de julho a 30 de agosto a 13.ª edição de férias para pais que têm filhos com deficiência, com cinco turnos.

A iniciativa, promovida pelo Santuário de Fátima com o apoio do Movimento da Mensagem de Fátima e da Congregação Silenciosos Operários da Cruz, tem o objetivo de “oferecer a possibilidade de um tempo de férias” às pessoas com deficiência e aos seus pais “um tempo de descanso, às vezes o único no ano”, durante o qual os seus filhos ficam entregues a um corpo de voluntários.

Os turnos decorrem de 20 a 26 de julho; 30 julho a 5 de agosto; 7 a 13 de agosto; 16 a 22 de agosto; e 24 a 30 agosto

O Santuário de Fátima apresenta, na sua página, informações para as pessoas interessadas nas inscrições e para voluntários.

OC

Ago
3
Sáb
Vida Consagrada: Capítulo geral das Irmãs Missionárias do Espírito Santo
Ago 3_Ago 29 todo o dia

Fátima, 03 ago 2019 (Ecclesia) – As Irmãs Missionárias do Espírito Santo (Espiritanas) realizam o seu capítulo geral de 3 a 29 de agosto, em Fátima, que tem como tema «Se conhecesses o dom de Deus».

Através do texto da Samaritana, tirado do Evangelho de São João, «Se conhecesses o dom de Deus», as consagradas presentes vão descobrir os grandes pilares de ação para os próximos 6 anos, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Este encontro magno das Espiritanas conta com intervenções do padre Tony Neves e do padre Richard Fagah, ambos Espiritanos, e da irmãzinha Maryvonne Palessonga, congolesa, das Irmãzinhas do Coração de Jesus de Bangui.

O capítulo conta com 34 irmãs delegadas vindas de 16 países diferentes, e de 4 continentes.

As espiritanas foram fundadas a 06 de janeiro de 1921, na festa da Epifania, por uma jovem francesa chamada, Eugénie Caps e, atualmente, são cerca de três centenas originárias de 18 países diferentes.

LFS

Ago
14
Qua
Lisboa: Igreja da Conceição Velha apresenta coleção «Pietá» e oferece concertos de órgão de tubos
Ago 14_Set 30 todo o dia

Lisboa, 09 ago 2019 (Ecclesia) – A igreja da Conceição Velha, em Lisboa, vai receber a coleção ‘Pietá’, do pintor Santiago Belacqua, que pode ser visitada das 10h00 às 19h00, de 14 de agosto até 30 de setembro, e proporcionar concertos de órgão de tubos.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o artista bracarense explica que os quadros de inspiração Sacra pretendem homenagear a obra-prima ‘Pietá’ (Piedade) de Michelangelo (1475-1564, Itália).

Para além da coleção de Santiago Belacqua, “o primeiro artista português convidado a expor no Vaticano”, a igreja, “em pleno coração de Lisboa”, vai proporcionar aos visitantes assistirem a concertos no órgão de tubos do século XVIII, duas vezes por dia, no seu coro alto.

A nota de imprensa destaca que a igreja da Conceição Velha “chama a atenção” pela “imponente fachada de estilo manuelino”, um portal que é considerado um dos mais relevantes exemplos deste estilo equiparado ao do Mosteiro dos Jerónimos e da Torre de Belém.

A igreja foi reabilitada recentemente, em 2013, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa anunciou o investimento de um milhão de euros para a sua recuperação, a formalização do projeto foi assinada a 29 de outubro.

Na altura foi divulgado que um baixo-relevo de Nossa Senhora da Misericórdia e a capela do Santíssimo Sacramento eram outros tesouros que iam ficar disponíveis depois do restauro do edifício onde a Misericórdia de Lisboa teve a primeira sede própria, antes do Terramoto de Lisboa, em 1755.

CB/OC

Ago
26
Seg
Igreja/Formação: Curso de Missiologia «Batizados e enviados» em Fátima
Ago 26_Ago 31 todo o dia

Fátima, 07 jun 2019 (Ecclesia) – Os Institutos Missionários Ad Gentes (IMAG), com o apoio das Obras Missionárias Pontifícias (OMP), realizam, de 26 a 31 de agosto, em Fátima (Missionários da Consolata) o curso de missiologia.

No primeiro dia, o bispo de Lamego, D. António Couto, vai refletir sobre «S. Lucas e a Missão» e no dia seguinte o bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, falará sobre «A Missão em Portugal e desde Portugal», lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

«Espiritualidade Missionária» por Teresa Messias e «Literatura e Teologia» pelo padre Adelino Ascenso são os temas a abordar nos dias 28 e 29 de agosto.

O padre José Nunes vai falar, dia 30 de agosto, sobre «Missão e Diálogo».

O curso missiologia é bienal, correspondendo 2019 ao 2º ano do ciclo, e pretende “apresentar as bases bíblico-teológicas da missão ad gentes” e “percorrer as etapas mais importantes da história da evangelização e da reflexão missiológica”.

“Repensar a missão à luz do Vaticano II e dos documentos recentes do Magistério” e “apresentar exemplos concretos da práxis missionária atual e preparar para os desafios da inculturação e do diálogo do Cristianismo com outras religiões” são também objetivos deste curso.

LFS

Ago
27
Ter
Algarve: Diocese dinamiza testemunhos sobre a Jornada Mundial da Juventude 2019
Ago 27@21:00

Faro, 27 fev 2019 (Ecclesia) – Os jovens da Diocese do Algarve que participaram na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Panamá começam hoje, um mês depois desse encontro, a dar testemunho dessa vivência num périplo mensal por todas as paróquias.

Na informação enviada hoje à Agência ECCLESIA, o ‘Folha do Domingo’ adianta que os participantes algarvios da JMJ 2019 começam “encontros mensais de testemunho” do que foi a sua experiência, um mês após o final do encontro no Panamá.

O primeiro encontro, esta noite, realiza-se na igreja matriz da Paróquia de Vila Real de Santo António, e o jornal diocesano  indica que os encontros vão realizar-se mensalmente, sempre no dia 27, pelas 21h00, até de janeiro de 2020.

O próximo encontro é Olhão (abril), Faro (maio), Quarteira (junho), Loulé (julho), Ferreiras (agosto), Portimão (setembro), Paderne (outubro), Silves (novembro) e Monchique (dezembro), e terminam com um encontro diocesano na Sé de Faro (janeiro 2020).

Os encontros mensais vão ter um momento de ambientação, uma catequese sobre um tema da Doutrina Social da Igreja, um testemunho de um participante na JMJ e por um momento de oração, baseado na vida de um dos oito santos patronos da JMJ, com adoração ao Santíssimo Sacramento.

A JMJ realizou-se pela primeira vez na América Central, mais concretamente na Cidade do Panamá, onde estiveram 25 jovens do Algarve, onde também se contava um casal, de nove paroquias – Silves (9), Paderne (4), Quarteira (3), São Pedro de Faro (2), Ferreiras (3), Portimão (1), Tavira (1), Loulé (1) e Olhão (1) – para além do assistente do Setor Diocesano da Pastoral Juvenil, o padre Nelson Rodrigues, e mais dois sacerdotes, Tiago Veríssimo, pároco de Monchique, e Adelino Ferreira, pároco de Vila Real de Santo António.

O jornal ‘Folha do Domingo’ realça ainda que todos os participantes já deram testemunho da JMJ 2019 em Eucaristias nas suas paróquias de origem após o regresso do Panamá.

‘Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua Palavra’ foi o tema do 34.º encontro mundial de jovens que terminou há um mês, a 27 de janeiro, e foi presidido pelo Papa Francisco.

Na Missa de encerramento do encontro foi anunciado que a próxima edição internacional realiza-se em Portugal, mais concretamente no Patriarcado de Lisboa, em 2022.

Estiveram no Panamá, 300 portugueses de 12 dioceses e de seis congregações e movimentos, seis bispos e 30 voluntários.

As JMJ nasceram por iniciativa de São João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude; são um acontecimento religioso e cultural que reúne jovens de todo o mundo durante uma semana.

Cada JMJ realiza-se, anualmente, a nível diocesano no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos numa grande cidade: em 1987, Buenos Aires (Argentina); em 1989, Santiago de Compostela (Espanha); em 1991, Czestochowa (Polónia); em 1993 em Denver (EUA); em 1995, Manila (Filipinas); em 1997, Paris (França); em 2000, Roma (Itália); em 2002, Toronto (Canadá); em 2005, Colónia (Alemanha); em 2008, Sidney (Austrália); em 2011, Madrid (Espanha); Rio de Janeiro (Brasil), em 2013; e Cracóvia (Polónia), em 2016.

CB

[Notícia atualizada a 1 de março]

Ago
28
Qua
Santo Agostinho: Celebração do padroeiro principal da Diocese de Coimbra
Ago 28 todo o dia

Coimbra, 18 jul 2019 (Ecclesia) – O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, vai celebrar, dia 28 de agosto, 18h30, na Igreja de Santa Cruz, a festa do padroeiro principal da diocese: Santo Agostinho.

As comemorações incluem também o concerto «Cantata de Santo Agostinho», às 21h30 na mesma igreja daquela cidade.

LFS

Igreja/Cultura: Museu de Leiria recebe leitura de excertos das «Confissões de Santo Agostinho»
Ago 28@22:00

Foto: Diocese de Leiria-Fátima

Leiria, 13 ago 2019 (Ecclesia) – O Museu de Leiria vai receber a leitura encenada de excertos das “Confissões de Santo Agostinho”, no âmbito das comemorações do dia de santo padroeiro da Diocese de Leiria-Fátima, pelas 22h00 do dia 28 de agosto.

Um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, informa que a leitura de excertos das “Confissões de Santo Agostinho” vai ser encenada pelo grupo Teatro Maizum e musicada ao vivo por Rão Kyao.

O Museu de Leiria, instalado no convento anexo à igreja de Santo Agostinho, assinala que o evento começa pelas 22h00 e a entrada é gratuita mas condicionada à lotação do espaço, o claustro do convento.

Santo Agostinho é Padroeiro da Diocese de Leiria desde a sua restauração, em 1918, e um dos motivos “terá sido a pertença deste território ao Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra”, até à sua criação como diocese, em 1545.

A igreja começou a ser construída em 1577 e o complexo conventual dois anos mais tarde, 1579.

Santo Agostinho nasceu a 13 de novembro de 354, em Tagaste, na Argélia, e morreu a 28 de agosto de 430; Aos 32 anos de idade converteu-se ao catolicismo; Foi ordenado sacerdote, em 391, em Hipona, e nomeado bispo desta diocese quatro anos depois, com mais de uma centena de obras, as mais famosas são as ‘Confissões’ e ‘A cidade de Deus’. Foi canonizado por aclamação popular e reconhecido como Doutor da Igreja, pelo Papa Bonifácio VIII, em 1298.

CB

Ago
31
Sáb
Leiria: Segunda edição da academia coral de verão
Ago 31_Set 8 todo o dia

Iniciativa vai decorrer no seminário da cidade de 31 de agosto a 8 de setembro

Leiria, 10 jul 2019 (Ecclesia) – A segunda edição da Academia Coral de verão da Diocese de Leiria-Fátima vai decorrer no seminário daquela cidade, de 31 de agosto a 8 de setembro.

A primeira edição foi “um sucesso” – contou com cerca de 40 participantes – e a segunda edição pretende que os interessados possam aprofundar os seus conhecimentos musicais, lê-se numa nota enviada à Agência ECCLESIA.

A iniciativa está a ser organizada pela Academia Coral Mezzo e disponibiliza três cursos: dois de direção coral (1º e 2º níveis) e um de técnica vocal.

Para estas formações, a Academia conta com Paulo Lourenço e Fátima Nunes para os curso de direção coral, e Manuel Rebelo para o de técnica vocal.

Joana Vieira é a pianista que acompanhará os formadores.

De acordo com o padre Sérgio Henriques, diretor do Departamento de Liturgia da Diocese de Leiria-Fátima, “trata-se de ótima oportunidade para a obtenção de conhecimentos musicais ministrados por reconhecidos mestres nacionais”, por isso, para além da divulgação destes cursos nas paróquias da diocese, incentiva os respetivos conselhos económicos a comparticipar financeiramente “pois trata-se de valorização paroquial”.

O Concílio Vaticano II na constituição sobre a liturgia (SC 14) diz que esta é “a primeira e necessária fonte onde os fiéis hão-de beber o espírito genuinamente cristão”.

LFS

Igreja: Jesuítas promovem um «labOratório» para criar «boa música para a liturgia» (c/vídeo)
Ago 31@16:57

Composições de Alfredo Teixeira, Fernando Lapa, João Madureira, Sérgio Peixoto vão ser ensinadas durante uma semana

Lisboa, 01 jul 2019 (Ecclesia) – A Companhia de Jesus vai dinamizar um “LabOratório” para promover a criação de “boa música para a liturgia” e ensinar a compor, cantar, tocar e a dirigir um coro.

“Esta proposta surge da necessidade de criar boa música para a liturgia e da importância que a música tem na liturgia”, disse o padre Duarte Rosado, um dos jesuítas que coordenam esta iniciativa, em entrevista à Agência ECCLESIA.

Após a realização do primeiro “labOratório” em 2017, os promotores desta experiência pensaram em realizar uma em 2019, “um pouco mais substancial”, propondo diferentes estilos de música de acordo com os “contextos” a que se destinam.

“Para contextos diferentes serve um tipo de música diferente”, lembrou o sacerdote jesuíta, referindo a “tensão difícil” que sempre existe entre “fazer coisas muito bonitas e bem cantadas” e que “sirvam para todos cantarem”.

O projeto “labOratório” resulta da proposta de criar música num ambiente de “laboratório”, feito em contexto de “oratório”, a partir “experiência de oração e da vida em comunidade”.

A edição 2019 vai iniciar no dia 31 de agosto, tem a duração de uma semana e vai propor um programa de formação em quatro vertentes:  o “labCanta” (para cantores), “labToca” (para instrumentistas), “labCria” (para compositores), “labMaestro” (para diretores de coro).

Mariana Viana Baptista participou na edição do “labOratório” em 2017 e afirmou à Agência ECCLESIA que a experiência ajudou “perceber a música como ferramenta para expressar a fé” e a compreender melhor os vários momentos da Missa.

A estudante universitária e colaboradora da pastoral na Companhia de Jesus valorizou também o “espírito de comunidade”, com “pessoas muito diferentes”, em que decorre o “labOratório”, onde se encontram “músicos profissionais outros que não sabem olhar para uma partitura”.

A edição 2019 do “labOratório” decorre no Convento de São Domingos, em Lisboa, e vão ser ensinadas composições de Alfredo Teixeira, Fernando Lapa, João Madureira e Sérgio Peixoto, entre outros.

No fim de uma semana do “labOratório”, o resultado da aprendizagem é divulgado pela gravação das várias músicas, como aconteceu com a edição de 2017.

PR

Set
1
Dom
Aveiro: Exposição «Batismo: memórias e histórias»
Set 1@16:00

Aveiro, 10 jul 2019 (Ecclesia) – A Paróquia de Nossa Senhora da Glória (Diocese de Aveiro) organiza, de 13 de julho a 01 de setembro, a exposição «Batismo: memórias e histórias».

A exposição vai estar patente em vários locais da cidade de Aveiro: Museu de Aveiro/Santa Joana (portaria conventual); Livraria Santa Joana (montra) e Gato Malhado (montra), realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

No cartaz da exposição pode ler-se uma frase do Papa Francisco: “Deixa que a graça do teu batismo frutifique num caminho de santidade”.

LFS

Set
2
Seg
Itália: Caritas de Ragusa promove campo de voluntariado para jovens portugueses
Set 2_Set 6 todo o dia

Lisboa, 15 jul 2019 (Ecclesia) – A Caritas Diocesana de Ragusa (Sicília – Itália), parceira da Comunidade Vida e Paz, está a promover, de 02 a 06 setembro, uma iniciativa para jovens portugueses.

O objetivo desta iniciativa é “promover nos jovens a cultura do serviço, da ecologia, da fraternidade e da economia social e apresentar o rosto duma Igreja próxima e acolhedora”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Ao longo dos dias vão ser realizadas várias ações de formação e atividades de agricultura e carpintaria com as cooperativas sociais e numa Quinta da Diocese de Ragusa (Sicília – Itália).

LFS

Vocações: Encontro nacional de formadores dos seminários diocesanos
Set 2_Set 4 todo o dia

Bragança, 24 jul 2019 (Ecclesia) – O encontro nacional de formadores dos seminários diocesanos realiza-se em Bragança, no Seminário de São José, de 02 a 04 de setembro, e tem como tema «Novas culturas juvenis e desafios à maturidade».

Esta atividade, promovida pela Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios, espera contribuir para “uma primeira reação às conclusões do último sínodo sobre os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A primeira conferência, às 15h30, é proferida por Jesús Rojano Martínez (Salamanca – Espanha) e tem como tema «cultura juvenil e vocação», realça o programa.

No segundo dia, Fabrizia Raguso (Braga) fala sobre «Cultura juvenil e maturidade afetiva nos candidatos ao sacerdócio» e o sacerdote jesuíta Rui Nunes aborda o tema «A cultura digital nos jovens».

A conferência de encerramento é proferida pelo bispo de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, que reflete sobre «Percursos para a maturidade na fé».

LFS

Set
4
Qua
Vaticano: Papa visita Moçambique sob o lema da paz e reconciliação
Set 4_Set 6 todo o dia

Cidade do Vaticano, 27 mar 2019 (Ecclesia) – O Vaticano anunciou hoje que o Papa Francisco vai visitar Moçambique, Madagáscar e Maurícias de 4 a 10 de setembro, com passagens pelas cidades de Maputo, Antananarivo e Port Louis.

A sala de imprensa da Santa Sé refere que o programa da viagem “vai ser publicada em tempo oportuno”.

Já o presidente da Conferência Episcopal Moçambicana, D. Lúcio Muandula, bispo de Xai-Xai, anunciou que a visita ao país lusófono vai decorrer de 4 a 6 de setembro e explicou que os bispos católicos convidaram o Papa em novembro de 2016.

“Acolhemos com muito agrado o anúncio oficial da visita”, declarou, falando num gesto de “proximidade” num momento em que grande parte das populações das províncias do centro do país sentem ainda os efeitos do ciclone «Idai», precisando de “muito apoio e conforto”.

LFS

Vaticano: Papa vai visitar Moçambique, sob o lema da paz e reconciliação

Set
9
Seg
Leiria-Fátima: Clero da diocese vai fazer retiro
Set 9_Set 13 todo o dia

Leiria, 09 ago 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Leiria-Fátima vai promover o retiro anual para o clero, nos dias 9 e 13 de setembro, no Mosteiro das Irmãs Clarissas, em Monte Real.

“Proporcionar aos participantes um momento forte de encontro com Deus e intensificar a comunhão espiritual dentro do presbitério”, é o propósito do Serviço de Apoio ao Clero com o retiro.

O padre Pedro Viva explica que são estes momentos, “a sós com Deus, que iluminam o ser e o agir” dos sacerdotes, divulga a Diocese de Leiria-Fátima.

O retiro anual do clero diocesano vai ser orientado pelo padre Luís Maria da Providência, da Companhia de Jesus (Jesuíta) que é o diretor da Casa da Torre, Centro de Espiritualidade e Cultura, em Soutelo, na Arquidiocese de Braga.

O retiro começa ao final da tarde da segunda-feira, a 9 de setembro, e termina depois do almoço de sexta-feira, dia 13, e as inscrições devem ser feitas até ao dia 31 de agosto.

CB/OC

Set
13
Sex
Leiria-Fátima: Grupo Ondjoyetu celebra 20 anos de missão
Set 13_Set 15 todo o dia

Leiria, 08 ago 2018 (Ecclesia) – O Grupo Missionário Ondjoyetu, da Diocese de Leiria-Fátima, celebra 20 anos de existência em 2019, que correspondem a “20 anos de missão” e vai comemorar de 13 a 15 de setembro, no Mercado de Sant’Ana.

O Grupo Missionário Ondjoyetu começa por destacar a tertúlia ‘Voluntariado e Missão’, com testemunhos missionários, às 21h30, na sexta-feira 13 de setembro, e dois dias depois, um almoço solidário – Festival de Tachadas, a partir das 12h30 de domingo.

No seu sítio online, o grupo assinala que, brevemente, partilha o restante programa dos “três dias de celebração e ação de graças” pelo seu 20º aniversário, que comemora este ano.

O grupo missionário da diocese de Leiria-Fátima começou o seu percurso em agosto de 1999 e a principal ação missionária desenvolve-se no Gungo, Diocese do Sumbe, em Angola; ‘Ondjoyetu’ quer dizer “A Nossa Casa”, em umbundo, a língua que se fala no Gungo.

CB