Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Dez
14
Sáb
Igreja/Meditação: Seminário de Coimbra convida as pessoas a «tirar» um dia por mês
Dez 14 todo o dia

Coimbra, 23 nov 2019 (Ecclesia) – O Seminário de Coimbra propõe a partir de hoje, aos cristãos daquela diocese que tirem um dia por mês para descansar e para dar tempo a si mesmo.

A iniciativa intitulada «SHABBATH 2019-2020» é um tempo e um espaço para as pessoas se reencontrarem com o “seu interior” e para se deixarem “elevar pelo sagrado”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O dia proposto é sempre ao sábado, das 09h30 às 17h00, no Seminário Maior de Coimbra, e a psicologia, a teologia, o silêncio, a meditação… são apenas instrumentos para reencontrar a paz interior e o sentido pleno da existência.

O ciclo começa hoje e o tema é «Há vida na minha agenda?» sendo orientado pelo padre Nuno Santos e Jacinta Paiva.

No dia 14 de dezembro, no mesmo local, e em contexto de advento o padre Nuno Santos fala para os jovens (até aos 35 anos) sobre «#conectar-me» e Jacinta Paiva reflete (para adultos) sobre «Trazer Deus dentro de mim», lê-se.

O padre franciscano Luis Oliveira, no dia 25 de janeiro, aborda o tema «Emoções – caminho de santidade» e no dia 22 de fevereiro (em contexto de quaresma) o padre Nuno Santos dá o contributo para os jovens (até aos 35 anos) sobre «#recentrar / redirecionar/ recalcular» e Jacinta Paiva reflete (para adultos) sobre «As sedes que me habitam», lê-se.

LFS

Dez
16
Seg
Coimbra: Cáritas diocesana promove campanha «Natal Solidário»
Dez 16 todo o dia

Coimbra, 04 Dez 2019 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra, através do seu Centro de Apoio Social (CAS), está a promover a campanha «Natal Solidário 2019», que este ano decorre até ao dia 16 de dezembro.

Esta iniciativa anual é “já uma tradição do CAS”, que pretende, desta forma, angariar “bens para rechear os cabazes de Natal que serão entregues a cerca de 200 famílias em situação de carência económica”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Em 2018, a Cáritas Diocesana de Coimbra conseguiu angariar “produtos suficientes para compor cabazes que chegaram a 205 famílias”.

A generosidade da comunidade permitiu apoiar no total 645 pessoas, destacando as 260 crianças que receberam um presente, lê-se na nota

Os cabazes serão compostos por diversos bens, como: açúcar, farinha, azeite, óleo, atum, salsichas, feijão/grão, produtos hortícolas, leite, bolachas, cereais, queijo, compota/mel, bolo-rei, bacalhau e produtos de higiene.

A pensar nos mais novos, a Cáritas Diocesana de Coimbra também recebe brinquedos/presentes para colocar nos cabazes das famílias com filhos.

LFS

Jan
25
Sáb
Igreja/Meditação: Seminário de Coimbra convida as pessoas a «tirar» um dia por mês
Jan 25 todo o dia

Coimbra, 23 nov 2019 (Ecclesia) – O Seminário de Coimbra propõe a partir de hoje, aos cristãos daquela diocese que tirem um dia por mês para descansar e para dar tempo a si mesmo.

A iniciativa intitulada «SHABBATH 2019-2020» é um tempo e um espaço para as pessoas se reencontrarem com o “seu interior” e para se deixarem “elevar pelo sagrado”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O dia proposto é sempre ao sábado, das 09h30 às 17h00, no Seminário Maior de Coimbra, e a psicologia, a teologia, o silêncio, a meditação… são apenas instrumentos para reencontrar a paz interior e o sentido pleno da existência.

O ciclo começa hoje e o tema é «Há vida na minha agenda?» sendo orientado pelo padre Nuno Santos e Jacinta Paiva.

No dia 14 de dezembro, no mesmo local, e em contexto de advento o padre Nuno Santos fala para os jovens (até aos 35 anos) sobre «#conectar-me» e Jacinta Paiva reflete (para adultos) sobre «Trazer Deus dentro de mim», lê-se.

O padre franciscano Luis Oliveira, no dia 25 de janeiro, aborda o tema «Emoções – caminho de santidade» e no dia 22 de fevereiro (em contexto de quaresma) o padre Nuno Santos dá o contributo para os jovens (até aos 35 anos) sobre «#recentrar / redirecionar/ recalcular» e Jacinta Paiva reflete (para adultos) sobre «As sedes que me habitam», lê-se.

LFS

Fev
22
Sáb
Igreja/Meditação: Seminário de Coimbra convida as pessoas a «tirar» um dia por mês
Fev 22 todo o dia

Coimbra, 23 nov 2019 (Ecclesia) – O Seminário de Coimbra propõe a partir de hoje, aos cristãos daquela diocese que tirem um dia por mês para descansar e para dar tempo a si mesmo.

A iniciativa intitulada «SHABBATH 2019-2020» é um tempo e um espaço para as pessoas se reencontrarem com o “seu interior” e para se deixarem “elevar pelo sagrado”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O dia proposto é sempre ao sábado, das 09h30 às 17h00, no Seminário Maior de Coimbra, e a psicologia, a teologia, o silêncio, a meditação… são apenas instrumentos para reencontrar a paz interior e o sentido pleno da existência.

O ciclo começa hoje e o tema é «Há vida na minha agenda?» sendo orientado pelo padre Nuno Santos e Jacinta Paiva.

No dia 14 de dezembro, no mesmo local, e em contexto de advento o padre Nuno Santos fala para os jovens (até aos 35 anos) sobre «#conectar-me» e Jacinta Paiva reflete (para adultos) sobre «Trazer Deus dentro de mim», lê-se.

O padre franciscano Luis Oliveira, no dia 25 de janeiro, aborda o tema «Emoções – caminho de santidade» e no dia 22 de fevereiro (em contexto de quaresma) o padre Nuno Santos dá o contributo para os jovens (até aos 35 anos) sobre «#recentrar / redirecionar/ recalcular» e Jacinta Paiva reflete (para adultos) sobre «As sedes que me habitam», lê-se.

LFS

Mar
27
Sex
Igreja/Cultura: Vaticano aposta em festival internacional de teatro para refletir sobre «O Ser Humano do Futuro»
Mar 27_Mar 29 todo o dia

Evento vai decorrer em Roma entre 27 e 29 de março de 2020

Cidade do Vaticano, 29 mai 2019 (Ecclesia) – O Conselho Pontifício da Cultura, do Vaticano, em parceria com o Vicariato de Roma, vai promover na capital italiana um festival internacional de teatro dedicado ao tema ‘O Ser Humano do Futuro’.

De acordo com um comunicado do organismo da Santa Sé, enviado hoje à Agência ECCLESIA, a iniciativa decorre entre 27 e 29 de março de 2020 e resulta das reflexões que o Conselho Pontifício da Cultura tem feito sobre esta questão, nomeadamente durante a assembleia plenária que em 2017 dedicou ao tema ‘O futuro da humanidade’.

A intenção é mostrar “espetáculos centrados na relação entre o homem e as novas fronteiras científico-tecnológicas”, com a noção de que a relação entre o humano, a técnica e a ciência “adquiriram hoje novas e totalmente inesperadas implicações no plano ético, religioso, social e filosófico”.

“Das intervenções sobre o princípio e o fim da vida humana às alterações climáticas, da genética à inteligência artificial, passando pelas novas fronteiras científicas e tecnológicas, o ser humano é agora chamado a rever o seu papel no mundo”, refere o comunicado do dicastério da Santa Sé para a Cultura.

Que recorda no mesmo texto a tentação que tem marcado o Homem, de procurar “condicionar e dobrar de maneira irreversível as forças da natureza”, de “ultrapassar os seus próprios limites”, de “buscar a imortalidade” ou mesmo de “se tornar Deus”.

O festival internacional de teatro sobre ‘O Ser Humano do Futuro’ vai ser acolhido pela basílica de S. João de Latrão e por vários espaços ainda por definir, e pretende apresentar ao público trabalhos que expressem “em chave poética e artística” as temáticas que estão em cima da mesa, nas “mais diversas formas linguísticas”.

A Santa Sé abriu um concurso para a eleição dos trabalhos que irão depois integrar o certame, sendo que os interessados deverão enviar as suas obras para análise do júri até dia 15 de outubro, através do email festivalteatro@cultura.va.

Os trabalhos selecionados para apreciação serão anunciados depois a 15 de novembro e os melhores cinco terão oportunidade de integrar o cartaz o festival internacional e de ser apresentados ao público.

JCP