Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Dez
8
Dom
Bragança: Campanha «Natal na Prisão» recolhe meias e sabonetes
Dez 8 todo o dia

Bragança, 22 nov 2019 (Ecclesia) – O Serviço da Pastoral Penitenciária da Diocese de Bragança-Miranda, em colaboração com a Cáritas Diocesana, está a promover de, 16 deste mês a 08 de dezembro, a campanha «Natal na Prisão».

A ação consiste na “recolha de meias e sabonetes”, para os cerca de 500 reclusos dos Estabelecimentos Prisionais de Bragança e de Izeda, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA

Esta campanha anual procura levar “a boa nova do nascimento de Cristo aos Estabelecimentos Prisionais”, além “dos donativos que serão entregues às pessoas privadas de liberdade como presentes de Natal”, procura-se sobretudo “sensibilizar a sociedade para esta realidade oculta à maioria da população”, lê-se.

As Unidades Pastorais, paróquias, IPSS e estabelecimentos de ensino são convidadas a aderir à campanha.

LFS

Bragança: Professores de EMRC promovem «Natal de Proximidade»
Dez 8 todo o dia

Bragança, 29 nov 2019 (Ecclesia) – Os professores de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) do Agrupamento de Escolas Miguel Torga de Bragança promovem, até dia 08 de dezembro, a ação «Natal de Proximidade».

Uma ação que visa concretizar “gestos concretos de solidariedade, sentimento maior e causa de felicidade, com a recolha de alimentos não perecíveis (enlatados, massas, arroz, feijão, grão, leite, azeite, farinha, salsichas, cereais, bolachas), calçado e roupa, para apoiar, em confidencialidade, alunos carenciados do agrupamento e já sinalizados”, sublinha um comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

Ao participar nesta iniciativa, o Natal “já começou no coração de cada um”, refere o professor de EMRC, Jorge Novo.

LFS

Bragança: Ordenação de dois diáconos permanentes na Sé
Dez 8@18:00

Bragança, 02 dez 2019 (Ecclesia) – O bispo da Diocese de Bragança-Miranda, D. José Cordeiro, vai presidir, dia 8 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, às 18h00, na catedral, à ordenação de dois diáconos permanentes.

Fernando Manuel Afonso Granjo Vaz, da paróquia de São Pedro de Macedo de Cavaleiros, Unidade Pastoral da Divina Misericórdia e Guilhermino da Silva Morais, da paróquia de São João Batista, Unidade Pastoral da Senhora das Graças fizeram a sua formação no Instituto Diocesano de Estudos Pastorais, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Atualmente, a Diocese de Bragança – Miranda conta com 10 diáconos permanentes que centram a sua atividade na ação pastoral e sócio caritativa.

LFS

Dez
23
Seg
Funchal: Cardeal José Tolentino Mendonça vai receber Medalha de Mérito da Região Autónoma da Madeira
Dez 23@11:00_12:00

Condecoração vai ser entregue a 23 de dezembro no salão nobre da Assembleia Legislativa da Madeira

Funchal, Madeira, 20 nov 2019 (Ecclesia) – O cardeal D. José Tolentino Mendonça vai receber, dia 23 de dezembro, a Medalha de Mérito da Região Autónoma da Madeira.

A atribuição da medalha de mérito pelo parlamento madeirense, na sessão solene agendada para as 11 da manhã, no salão nobre da Assembleia Legislativa da Madeira, “é o reconhecimento do percurso de vida do Cardeal, poeta e professor”, nascido em dezembro de 1965, em Machico, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

D. José Tolentino Mendonça referiu que se “sente muito pequeno perante o significado desta condecoração” que recebe “com a humilde consciência de que tantos outros” concidadãos “provavelmente a mereciam mais”, sublinha o galardoado na mensagem que foi lida na abertura dos trabalhos parlamentares, pelo presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues.

“Orgulho-me muito de ser madeirense, mas sei – e esta condecoração só o reforça – que a dívida de gratidão está sobretudo do meu lado”, realça D. José Tolentino Mendonça.

O cardeal D. José Tolentino Mendonça é autor de numerosos livros pelos quais ficou conhecido nos mais diversos quadrantes sociais.

Atualmente é arquivista nos Arquivo Apostólico do Vaticano e bibliotecário da Biblioteca Apostólica, iniciou os estudos em Teologia em 1982 e foi ordenado padre em 1990.

Estudou Ciências Bíblicas em Roma e foi professor e vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa, a instituição onde fez o doutoramento em Teologia Bíblica.

D. José Tolentino Mendonça, que a 15 de dezembro faz 54 anos, é o segundo membro mais jovem do colégio cardinalício, após o cardeal de Bangui (República Centro-Africana), Dieudonné Nzapalainga, de 52 anos.

Entre funções eclesiásticas e académicas publicou numerosos livros nas áreas da poesia, ensaio e teatro e colaborou em outras obras como tradutor e organizador.

O cardeal já foi agraciado com duas comendas, a comenda da Ordem do Infante D. Henrique e a comenda da Ordem Militar de Sant´Iago de Espada, a que junta agora a Medalha de Mérito da Região Autónoma da Madeira.

D. José Tolentino Mendonça é a sétima entidade a ser distinguida com a Medalha de Mérito que já foi atribuída ao bispo D. Francisco Santana, em 1982, ao fundador do PSD Francisco Sá Carneiro em 1982, ao primeiro presidente do Governo Regional da Madeira Jaime Ornelas Camacho em 2001, ao primeiro presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Emanuel Rodrigues em 2001, ao futebolista internacional português Cristiano Ronaldo em 2014 e ao antigo presidente do Governo Regional da Madeira Alberto João Jardim em 2018.

A medalha de mérito da Região Autónoma da Madeira destina-se a galardoar as entidades singulares ou coletivas, públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras, em vida ou a título póstumo, que tenham prestado assinaláveis serviços à região ou que, por qualquer outro motivo, a região entenda dever distinguir.

LFS