Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Out
17
Qui
Bragança: Iniciativas no Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja
Out 17_Out 18 todo o dia

Bragança, 10 out 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Bragança-Miranda vai assinalar com várias iniciativas (17 e 18 de outubro), o Dia Nacional dos Bens Culturais da Igreja, no concelho de Miranda do Douro.

No dia 17 de outubro, o Centro de Conservação e Restauro (CCR), em Sendim, vai ter as portas abertas para “dar a conhecer o como e porquê do trabalho desenvolvido, os materiais e técnicas utilizadas, as distintas áreas científicas que abrange a profissão, assim como tem a pretensão de sensibilizar para o património”, salienta Joana Afonso, diretora do CCR.

Além da comunidade escolar do Agrupamento de Escolas de Miranda do Douro (alunos do 12.º ano e do Curso Profissional de Turismo), o CCR espera receber todos os interessados em história e património.

No dia seguinte estão previstas duas ações de sensibilização para a conservação do património religioso: uma na igreja da Senhora da Expetação, em Malhadas, e outra na igreja de S. Pedro, em S. Martinho de Angueira.

Com estas ações pretende-se “alertar as comunidades paroquiais para as boas práticas de conservação do património religioso, e que vão desde a escultura à talha passando pela pintura, pela ourivesaria e os têxteis”, refere o padre António Pires.

Para o presidente da Comissão Diocesana de Arte Sacra e Bens Culturais, este tipo de ações “pretendem sobretudo incentivar a mudanças nas práticas incorretas”, salienta.

LFS

 

Nov
3
Dom
Igreja/Liturgia: Dia diocesano da Música Litúrgica em Viana do Castelo
Nov 3 todo o dia

Viana do Castelo, 16 out 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Viana do Castelo vai promover, a 03 de novembro, no Auditório Paulo VI daquela cidade, o I Dia Diocesano da Música Litúrgica.

Esta iniciativa, promovida pelo Secretariado Diocesano de Liturgia de Viana do Castelo e integrada no dia da diocese, é um dia formativo “para todos os grupos corais da diocese”, com “grande destaque para a Apresentação do Cantoral Nacional”, recentemente publicado pelo Secretariado Nacional de Liturgia, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A abertura dos trabalhos, 09h30, é feita por D. Anacleto Oliveira, bispo de Viana do Castelo, e 15 minutos depois é apresentado o Cantoral Nacional por Emanuel Pacheco, Serviço Nacional de Música Sacra.

O resto da manhã é preenchido com vários workshops sobre canto, direção coral e órgão que vão ser orientados por Vítor Lima; Emanuel Pacheco e padre Jorge Barbosa.

“Só com a devida formação dos leigos neste campo, é possível reduzir a influência musical de pouca qualidade”, lê-se na nota.

A eucaristia, às 15h30, encerra os trabalhos e é presidida por D. Anacleto Oliveira.

LFS