Calendário

[wcp-carousel id=”90845″]

Nov
2
Sáb
Algarve: Diocese dinamiza 14 dias de oração por vocações sacerdotais e religiosos
Nov 2_Nov 15 todo o dia

Foto: Folha do Domingo/Samuel Mendonça

Faro, 24 out 2019 (Ecclesia) – A Diocese do Algarve vai promover um Lausperene Diocesano itinerante, “a adoração permanente ao Santíssimo Sacramento”, em diversas comunidades para que surjam vocações sacerdotais e religiosas, durante 14 dias, de 2 a 15 de novembro.

O jornal diocesano ‘Folha do Domingo’ informa que esta iniciativa vai “pedir a Deus” vocações de consagração, tanto no sacerdócio, como na vida religiosa ou nos institutos seculares.

O Lausperene Diocesano começa às pelas 21h00, de 2 de novembro, na Paróquia das Ferreiras, e depois de passar pelas várias comunidades paroquiais vai terminar com a celebração na Igreja matriz da Luz de Tavira, à mesma hora mas do dia 15.

A “cadeia de oração ininterrupta” ao Santíssimo Sacramento, 24 horas por dia, vai ser assegurada pelas paróquias das quatro vigararias – Loulé, Portimão, Faro e Tavira, pelas comunidades, congregações, grupos e movimentos católicos.

O jornal ‘Folha do Domingo’ destaca que o Lausperene Diocesano, promovido pela equipa formadora do Seminário de Faro, é uma das iniciativas “mais significativas” que a Igreja Católica no Algarve realiza desde 2004.

Uma dinâmica de oração promovida no contexto da Semana dos Seminários, que a Igreja Católica em Portugal dinamiza de 10 a 17 do próximo mês, com o tema ‘O Senhor não pensa apenas naquilo que tu és, mas em tudo aquilo que poderás chegar a ser’, inspirado na exortação apostólica pós-sinodal do Papa Francisco ‘Christus Vivit’.

CB

Nov
9
Sáb
Ambiente: Escuteiros lançam projeto de limpeza de zonas costeiras e fluviais
Nov 9_Nov 24 todo o dia

Foto: CNE/João Fortunato

Lisboa, 25 out 2019 (Ecclesia) – O Corpo Nacional de Escutas (CNE) vai promover entre 9 e 24 novembro um projeto de limpeza de zonas costeiras e fluviais, em parceria com o Oceanário de Lisboa.

A Secretaria Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade do movimento informa, em comunicado, que esta é “uma ação ambiciosa, alargada a todo o país, de forma a demonstrar que estamos prontos a agir por um mundo melhor, e simultaneamente assinalar os 41 anos que passaram desde a primeira ação de limpeza de praias dinamizada pelo CNE”.

Além da operação de limpeza, vai decorrer uma formação para dirigentes das III e IV Secções e Caminheiros/Companheiros, denominada “Missão MAR”, no Oceanário de Lisboa, a 24 de novembro de 2019, entre as 10h00 e as 13h00

De acordo com José Rodrigues, Secretário Nacional para o Ambiente e Sustentabilidade, promotor desta ação, o objetivo é “impulsionar uma onda de mudança de comportamentos e agir localmente”, num “exercício importante de cidadania, numa área que precisa de mudanças sérias e de fundo, promovidas pelos jovens”.

OC

Nov
11
Seg
Fátima: Conferência Episcopal reúne-se em Assembleia Plenária com a JMJ 2022 em agenda
Nov 11_Nov 14 todo o dia

Trabalhos debatem ainda tradução do Missal Romano

Lisboa, 05 nov 2019 (Ecclesia) – A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) vai reunir-se em Assembleia Plenária, enttre hoje e quinta-feira, na Casa de Nossa Senhora das Dores, Santuário de Fátima.

Os trabalhos vão analisar a tradução do Missal Romano e abordar a preparação da Jornada Mundial da Juventude de 2022, que vai decorrer em Lisboa, adianta uma nota enviada hoje à Agência ECCLESIA.

A sessão de abertura, com discurso de D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa e presidente da CEP, está marcada para as 16h00 de segunda-feira.

Depois do encerramento da Assembleia, no dia 14 de novembro, vai decorrer uma conferência de imprensa, pelas 14h30, na qual será apresentado o comunicado final.

A CEP foi formalmente reconhecida a seguir ao Concílio Vaticano II, em 1967, com a ratificação pela Santa Sé dos primeiros Estatutos aprovados na Assembleia Plenária de 16 de maio, revistos posteriormente em 1977, 1984, 1999 e 2005; é o conjunto dos bispos das dioceses que, para melhor exercerem as suas funções pastorais, põem em comum preocupações e experiências, acertam critérios de ação e coordenam esforços.

Para que uma Conferência Episcopal possa legislar com obrigação de acatamento em todas as dioceses, exigem-se pelo menos dois terços de votos favoráveis dos membros de pleno direito da Assembleia Plenária, a confirmação da Santa Sé e a promulgação segundo o direito canónico.

OC

Lusofonia: Fundação Fé e Cooperação dinamiza campanha solidária de Natal
Nov 11 2019_Jan 6 2020 todo o dia

«Um Natal para todos» é o objetivo da organização católica para o desenvolvimento

Lisboa, 12 nov 2019 (Ecclesia) – A Fundação católica Fé e Cooperação (FEC) começou a dinamizar a sua campanha de Natal ‘Presentes Solidários’, 11 no total, que contribuem para “mudar a vida de milhares de comunidades nos oito países lusófonos”, até 6 de janeiro.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a FEC informa que têm 11 presentes solidários para o Natal 2019, entre os 6 euros e os 250 euros, que vão apoiar comunidades em “todos os países lusófonos”.

O catálogo tem mesas e cadeiras para escolas afetadas pelo Ciclone Idai em Moçambique, refeições diárias para crianças acolhidas na Casa Bambran, na Guiné-Bissau, sacos de cimento para a construção de cinco salas de aula em três aldeias, em Angola, e aulas de mecânica para jovens do Centro de Acolhimento Irmãos Unidos, em Cabo Verde.

No sítio online www.presentessolidarios.pt existem também cadeiras de rodas e canadianas para idosos do lar D. Simoa Godinho, em São Tomé e Príncipe, kits para a prevenção da dengue para as comunidades de Santarém, na região amazónica do Brasil.

“Entre muitas outras propostas verdadeiramente transformadoras” estão ainda bolsas de voluntário para a formação dos voluntários portugueses que partem em missões internacionais ou um par de sapatilhas e uma mochila para crianças e jovens da região de Padiae, em Timor-Leste.

A Fundação católica Fé e Cooperação realça que a campanha ‘Presentes Solidários’ traduz o slogan ‘Dar a Duplicar!’, ou seja, os presentes são postais de Natal que se enviam “a um familiar ou amigo” – por email ou para uma morada – e, simultaneamente, é enviado o “bem concreto” para a comunidade lusófona.

Na edição de 2018, a organização angariou 2271 presentes solidários que apoiaram “mais de 3750 crianças e jovens nos países lusófonos”, ao longo deste ano.

Criada em 1990, a FEC é uma organização não-governamental para o desenvolvimento com mais de 25 projetos em Angola, Guiné-Bissau, Moçambique e Portugal.

O organismo da Conferência Episcopal Portuguesa tem como missão promover “o desenvolvimento humano integral”, com a visão de construir uma sociedade onde “cada pessoa possa viver com dignidade e justiça”.

CB/OC

Nov
13
Qua
Lisboa: Paróquia de São Tomás de Aquino promove ciclo de conferência sobre o tema «Viver a caridade hoje»
Nov 13@21:00


Lisboa, 20 set 2019 (Ecclesia) – A Paróquia de São Tomás de Aquino, em Lisboa, promove, um ciclo de conferências sobre «Viver a caridade hoje» que têm o seu início a 13 de novembro e encerra a 13 de maio de 2020.

Na primeira reflexão, às 21h00, na Igreja Paroquial de São Tomás de Aquino, vai estar presente Romualda Fernandes que aborda o tema «Política com Caridade», refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

«A caridade começa em casa» é o tema abordado, dia 12 de fevereiro de 2020, às 21h00, por Pedro Mota Soares.

Regina Tavares fala, dia 11 de março, sobre «Desafio das minorias à caridade» e Manuel Ferreira Leite reflete, 21 de abril, sobre «Onde está a caridade na vida económica».

O ciclo encerra, dia 13 de maio de 2020, com uma conferência de Pêpê Rapazote sobre «A caridade em palco».

LFS

 

Nov
14
Qui
Media: Vaticano acolhe encontro dedicado à proteção de menores no mundo digital
Nov 14_Nov 15 todo o dia

Iniciativa reúne líderes religiosos, autoridades civis e representantes de companhias tecnológicas

Cidade do Vaticano, 12 nov 2019 (Eccleisa) – O Vaticano vai acolher entre quinta e sexta-feira um encontro dedicado à proteção de menores no mundo digital, com líderes religiosos, autoridades civis e representantes de companhias tecnológicas.

Os trabalhos iniciam-se com uma audiência concedida pelo Papa Francisco, prosseguindo na sede da Academia Pontifícia para as Ciências Sociais.

“Do conceito à ação” é o mote para o encontro, que visa “sugerir e apoiar iniciativas específicas e planos de atividade”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA pela organização do evento, com 80 participantes.

Entre os conferencias estão o xeque Saif Bin Zayed al Nahyan, dos Emirados Árabes Unidos, e a rainha Sílvia, da Suécia.

OC

UCP: Curso sobre «Hermenêuticas das leituras do Tempo de Advento»
Nov 14@18:30_20:30

Lisboa, 16 out 2019 (Ecclesia) – A Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa propõe um itinerário de formação, em regime presencial, dedicado ao tema «À Espera do Messias. Hermenêuticas das leituras do Tempo de Advento».

O curso decorre de 07 de novembro a 12 de dezembro, em Lisboa, e está estruturado em 6 sessões, à quinta-feira, entre as 18h30 e as 20h30, lê-se no programa enviado à Agência ECCLESIA.

A iniciativa tem a coordenação científica do biblista e frade franciscano João Lourenço e as inscrições decorrem desde 06 deste mês.

LFS

Formação: Ciclo de conferências sobre a interseção entre ciências sociais e fé
Nov 14@19:30

Lisboa, 03 set 2019 (Ecclesia) – O Centro de Espiritualidade Dehoniana e a PDB Consulting organizam, de 17 outubro a 25 Junho 2020, de um ciclo de jantares-conferência sobre a interseção entre ciências sociais e fé.

Este ciclo subordinado ao tema «Ciências Sociais e Fé: incompatíveis ou complementares?» realiza-se no Seminário de Nossa Senhora de Fátima (Alfragide, Lisboa) e as sessões começam às 19h30, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

José Luís Nunes Martins, José Miguel Sardica, Marta Pimenta de Brito, Alexandra Viana Lopes, Pedro Gil, João Pedro Tavares, João César das Neves, Alfredo Teixeira e António Pimenta de Brito são os oradores desta iniciativa.

A pedra de toque é a partilha de ideias por isso a organização pede aos participantes para levarem questões sobre os temas.

LFS

Aveiro: Diocese inaugura Biblioteca D. António Francisco dos Santos
Nov 14@21:00

Aveiro, 29 out 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Aveiro vai inaugurar a 14 novembro a Biblioteca D. António Francisco dos Santos, que foi bispo desta Igreja local de 8 de dezembro de 2006, quando tomou posse, até fevereiro 2017.

Uma nota de imprensa enviada à Agência ECCLESIA informa que a Biblioteca D. António Francisco dos Santos está localizada no Seminário Diocesano de Aveiro.

A cerimónia de inauguração vai começar com a apresentação do livro ‘Caminhando com D. António Francisco, a propósito de um monumento em Tendais’, da autoria do professor universitário Bernardo Almeida (da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, no Porto), no auditório do seminário, e termina com uma visita à biblioteca.

A Diocese de Aveiro também publicou o livro ‘In manus Tuas’ com uma seleção de textos de D. António Francisco dos Santos, que tomou posse nesta Igreja a 8 de dezembro de 2006, após ter sido nomeado pelo agora Papa emérito Bento XVI, em setembro desse ano.

O bispo morreu no dia 11 de setembro de 2017 aos 69 anos, vítima de um ataque cardíaco, na Casa Episcopal do Porto, diocese para onde tinha sido nomeado em fevereiro de 2014, pelo Papa Francisco, e tendo tomado posse a 5 de abril desse ano.

D. António Francisco dos Santos, natural de Tendais, no Concelho de Cinfães (Diocese de Lamego) foi ordenado padre em dezembro de 1972; O Papa São João Paulo II nomeou-o bispo auxiliar de Braga, a 21 de dezembro de 2004, tendo sido ordenado bispo em março de 2005, na Sé de Lamego.

CB/OC

Igreja/Cultura: Igrejas da Diocese do Algarve recebem festival de órgão
Nov 14@21:30

Faro, 30 out 2019 (Ecclesia) – As igrejas de Faro, Portimão, Loulé (Boliqueime) e Tavira, na Diocese do Algarve, vão receber concertos do Festival de Órgão 2019, sempre às 21h30, da Associação Música XXI, de 1 a 30 de novembro.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, o jornal ‘Folha de Domingo’ adianta que ao todo são 15 apresentações, com sete organistas e vários cantores/instrumentistas distribuídos por 12 concertos, um concerto pedagógico, uma apresentação de alunos da Escola de Órgão e uma Missa acompanhada ao órgão.

“Procurando reforçar a relação próxima da comunidade com o evento, avançamos este ano com os ensaios abertos à população e convidamos os entusiastas do órgão na região a apresentarem-se em concerto”, adianta a organização, a Associação Música XXI.

O primeiro concerto é com o organista Gyula Szilágyi e o Coral Adágio na interpretação do Magnificat de João Rodrigues Esteves, esta sexta-feira, 1 de novembro, na igreja matriz de Portimão.

Esta igreja vai receber também música de câmara para órgão e voz, respetivamente com André Ferreira e Teresa Duarte no programa ‘Do lamento à exaltação’, no dia 8 do próximo mês.

Em Faro, os concertos começam com um solo de Gyula Szilágyi – música ibérica, italiana e inglesa – no sábado, dia 2, na Sé; E a 9 de novembro a apresentação da Missa da Coroação de Mozart, com o organista André Ferreira e o Coral Ossónoba.

Em Tavira, Inês Machado e Sara Pedro apresentam um programa de exaltação da voz feminina, no dia 15, na igreja da Misericórdia.

A igreja do Carmo (Faro) também recebe dois concertos, no dia 16 com Rui Paiva e o quarteto de cordas Arabesco, que apresentam sons dos séculos XVII e XVIII, e a 23 de novembro o concerto para órgão e dois sopranos, por António Duarte, Ana Paula Russo e Ariana Russo.

Uma ‘Viagem pela Europa musical: dos Descobrimentos à Ópera Italiana’, com a organista Célia Tavares, é apresentada a 22 de novembro, na igreja de Santiago, em Tavira, que recebe Javier Artigas e os Ministriles de Marsias no dia 29.

“A terminar os concertos em Faro, convidámos o organista espanhol Javier Artigas e os Ministriles de Marsias, conjunto de instrumentos históricos de sopro habitual nas capelas das catedrais, para uma autêntica batalha musical na Igreja da Sé com tientos, glosas, pangelinguas e ensaladas”, salienta a organização sobre o dia 30 de novembro.

A Sé do Algarve vai receber também as atividades extra-concertos a 12.ª edição do Festival de Órgão: Concerto pedagógico para crianças, às 10h00, de 14 de novembro; o concerto de alunos da escola de órgão da Sé, 16h00, dia 17, e à mesma hora, mas dia 24, a Eucaristia acompanhada ao órgão de tubos.

Entre outras instituições, o festival conta com a parceria do Cabido da Sé de Faro, da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo de Faro, das paróquias de Portimão, Boliqueime e Tavira e da Misericórdia de Tavira, refere o jornal da Diocese do Algarve.

CB

Lisboa: Vigília de oração pelos seminários
Nov 14@21:30

Lisboa, 06 nov 2019 (Ecclesia) – Em plena Semana dos Seminários vai realizar-se, dia 14 deste mês, às 21h30, uma vigília de oração, em Lisboa.

A Vigília de Oração pelos Seminários decorre no Seminário dos Olivais, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

O antigo cardeal patriarca de Lisboa, D. António Ribeiro (1928-1998), dizia que “Orar pelas Vocações é a primeira grande atividade que importa promover na Igreja”.

A Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios afirma que a Semana dos Seminários, de 10 a 17 de novembro, é ocasião para “animar os jovens” e “refletir na centralidade da questão vocacional e para um renovado compromisso”.

LFS

 

Nov
15
Sex
Espiritualidade: Carmelitas organizam nova edição da Escola de Oração
Nov 15_Nov 17 todo o dia

Cinco fins-de-semana com atividades formativas

Fátima, 15 jul 2019 (Ecclesia) – A Ordem dos Carmelitas Descalços, em colaboração com a Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, organiza a 2ª edição da Escola de Oração que tem início no próximo mês de novembro, na Domus Carmeli, em Fátima.

O calendário para o ano pastoral 2019-2020 será o seguinte: 1º Módulo «Deus e homem, busca e resposta» (15 a 17 de novembro de 2019); 2º Módulo «O crescimento interior» (17 a 19 de janeiro de 2020); 3º Módulo «Experiência contemplativa» (14 a 16 de fevereiro de 2020); 4º Módulo «Formar para a mistagogia» (24 a 26 de abril de 2020) e 5º Módulo «Vivência eclesial» (29 a 31 de maio de 2020), lê-se no programa enviado à Agência ECCLESIA.

“O bom acolhimento à primeira edição; o elevado número de participantes e de novos interessados; os desafios e sugestões recebidas dos alunos” deram motivação e razões suficientes para se continuar a dar o “melhor para a promoção da vida espiritual dos cristãos”, realça a nota.

A frequência desta Escola de Oração ajuda “a intensificar a vida de oração e prepara os seus participantes para serem dinamizadores da pastoral da oração nas comunidades”, realça.

LFS

Fátima: Carmelitas Descalços dinamizam «Escola de Oração» no ano pastoral 2019-2020
Nov 15_Nov 17 todo o dia

Fátima, 25 fev 2019 (Ecclesia) – A Ordem dos Carmelitas Descalços está a preparar uma nova edição da sua Escola de Oração, para o ano pastoral 2019-2020, que se vai realizar entre os meses de novembro e maio, na Domus Carmeli, em Fátima.

A ‘Escola de Oração’ dos Carmelitas Descalços, aberta a todos, tem “uma componente teórico-prática e mistagógica”, e desenvolve-se em cinco módulos durante cinco fins de semana, um por mês de novembro de 2019 a maio de 2020.

“Percorrerá os princípios fundamentais da oração cristã. A frequência ajudará a intensificar a vida de oração e preparará os seus participantes para serem dinamizadores da pastoral da oração nas suas comunidades”, assinalam.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a ordem religiosa explica que pelo “elevado número de interessados” na primeira edição, que está a decorrer, faltam dois módulos para terminar (5 a 7 de abril e 17 a 19 de maio), já calendarizaram a segunda edição para o novo ano pastoral.

1.º Módulo: Deus e homem, busca e resposta – 15 a 17 de novembro de 2019;
2.º Módulo: O crescimento interior – 17 a 19 de janeiro de 2020;
3.º Módulo: Experiência contemplativa – 14 a 16 de fevereiro de 2020;
4.º Módulo: Formar para a mistagogia – 24 a 26 de abril de 2020;
5.º Módulo: Vivência eclesial – 29 a 31 de maio de 2020;

A Escola de Oração dos Carmelitas Descalços tem um sítio online, onde os interessados podem inscrever-se no próximo ano pastoral.

A atual edição desta escola conta com aproximadamente 80 participantes presenciais e 35 na plataforma online, alguns de comunidades religiosas, “sobretudo de vida contemplativa”, e comunidades paroquiais.

CB

Lisboa: III Seminário «Escola de Cuidadores» sobre família e políticas sociais
Nov 15 todo o dia

Lisboa, 19 set 2019 (Ecclesia) – O III Seminário «Escola de Cuidadores», do Centro Social Paroquial São Romão de Carnaxide (Lisboa), vai realizar-se a 15 de novembro, no auditório municipal Ruy de Carvalho, e vai abordar a “pedagogia do cuidar” e o tema “família, cuidadores e políticas sociais”.

A iniciativa, decorre das 09h30 às 17h30, da Escola de Cuidadores é um projeto de inovação social do Centro Social Paroquial São Romão de Carnaxide que “procura responder aos desafios do envelhecimento da população, enquanto uma problemática de enorme interesse para toda a sociedade”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

A Escola de Cuidadores aposta numa pedagogia do cuidar através do despertar da consciência da comunidade para a necessidade de pensar, refletir e preparar o envelhecimento, bem como da capacitação das pessoas para os novos e exigentes desafios da longevidade e para a prestação dos cuidados a pessoas dependentes, com especial enfoque nas demências.

LFS

Lisboa: Celebração de ação de graças pela canonização de frei Bartolomeu dos Mártires
Nov 15@18:15

Lisboa, 11 nov 2015 (Ecclesia) – D. Manuel Clemente vai presidir, dia 15 deste mês, às 18h15, na Basílica de Nossa Senhora dos Mártires, em Lisboa, a uma missa por ocasião da canonização de São Bartolomeu dos Mártires.

A proclamação solene do decreto que inscreve Frei Bartolomeu dos Mártires no Livro dos Santos aconteceu no dia 10 de novembro, na Sé de Braga, tal como determinou o Papa Francisco.

Segundo o Boletim da Santa Sé do dia 6 de julho de 2019, o Papa Francisco “aprovou os votos favoráveis dos membros da congregação e estendeu o culto litúrgico em honra ao Beato Bartolomeu dos Mártires à Igreja Universal”, “inscrevendo-o no livro dos santos” por “canonização equipolente” – um processo instituído no século XVIII por Bento XIV, através do qual o Papa “vincula a Igreja como um todo para que observe a veneração de um Servo de Deus ainda não canonizado pela inserção de sua festividade no calendário litúrgico da Igreja universal, com Missa e Ofício Divino”.

Frei Bartolomeu dos Mártires, de seu nome Bartolomeu Fernandes, nasceu em Lisboa a 3 de maio de 1514, e é recordado como um modelo de benevolência e uma figura ímpar na dedicação à Igreja Católica.

LFS